faróis   memorial   educacional   aviso legal   contato
 
farol araçagí  

Araçagí
02 27,03S / 44 08,90W  (Raposa, MA)
Lp (4) B.10seg.91m.33M
Racon Q (--.-) Bandas S e X

O intenso tráfego de embarcações e os perigos do litoral maranhense logo motivaram a instalação de faróis naquele Estado. O farol São Marcos, na baía de mesmo nome, funcionava desde 1831 no interior de um forte construído para a defesa da única capital brasileira fundada por franceses: São Luís.

Por volta de 1950 um estudo mostrou a necessidade de se erguer um novo farol na ponta de Araçagi, pois o farol São Marcos ameaçava desabar devido á erosão da falésia sobre a qual estava assentado.

Inaugurada em 16 de dezembro de 1957, a torre branca de concreto de 40 metros é decorada com losangos pretos, e sua varanda tem a forma de um barco, um exemplo único no mundo. Nela foram instalados a lente dióptrica de 6ª ordem e a lanterna que desde 1913 equipavam o farol São Marcos, equipamentos fabricados na França por BBT.

Araçagi foi o último farol construído pelos engenheiros Antonio e Jayme Fernandes Costa. Desde a Segunda Guerra Mundial a A.F Costa Irmãos Ltda (que passou a se chamar "Ciclope Construtora e Comercial Ltda" em 1951) ergueu diversos faróis de concreto armado por todo o país.

Em 1982 o farol foi eletrificado, e seu alcance luminoso passou de 26 para 33 milhas náuticas.

Enquanto isso, o antigo farol São Marcos surpreendentemente ainda resistia, até desmoronar em 1964. Um outro de menor alcance foi construído em seu lugar.

Foto: Alvimar Pacheco