faróis   memorial   educacional   aviso legal   contato
 
farol morro de são paulo  

Morro de São Paulo
13 22,53S / 38 54,92W  (Morro de São Paulo, Distrito de Cairú, BA)
Lp (2) B.15seg.89m.23M

Em 1531, Martim Afonso de Souza desembarcou na grande ilha ao sul de Itaparica, batizando-a de Tynharéa, na qual Francisco Romero fundaria em 1535 a Vila de Morro de São Paulo. Pelo seu porto, era despachada a produção local para abastecer Salvador.

Foi preciso aguardar até 3 de maio de 1855 para que se estabelecesse um farol para orientar a navegação desse trecho. Sua torre branca de pedra e cal de 26 metros foi equipada com um  aparelho dióptrico BBT de 1ª ordem, com 24 milhas de alcance

Construído no topo do morro de 63 metros, teve projeto e supervisão do engenheiro João Monteiro Carson, que também construiu a Fábrica de Tecidos de Valença, a primeira do segmento têxtil no Brasil.

Em 1923, foi instalado um sistema automático AGA à gás acetileno, reduzindo seu alcance para 18 milhas, restabelecido em 1957 quando foi instalada uma nova lente BBT de 3ª ordem em operação até hoje. Atualmente o farol é alimentado por energia fotovoltaica.

Para facilitar sua conservação, o exterior da torre foi revestido com azulejos, e é atração obrigatória para os visitantes desse belíssimo ponto turístico do litoral baiano.

Foto: Renato Shigueru Yoshinaga