logo
FARÓIS      EDUCACIONAL    CONTATO

farol pedra seca

PEDRA SECA

 06 57,37S / 34 49,37W Cabedelo, PB

Lp (3) B.10seg.16m.16M

 

Porto de Casaria, Ilha de Camboa, Forte Velho – nomes antigos da atual Cabedelo, vizinha da Capital da Paraíba, João Pessoa. Sua localização privilegiada, na embocadura do rio Paraíba, fez com que ali se estabelecesse o porto que atenderia aquele Estado.

Para sinalizar seu acesso, foi construído um farol na ponta de uma península que terminava num conjunto de pedras que estavam sempre secas. Sobre elas, foi levantada uma base de alvenaria para receber uma torre de ferro octogonal de 16 metros de altura pintada de branco, fabricada na Escócia.

Integrante de um lote encomendado pelo engenheiro Zózimo Barroso (ver farol Itapuã), o farol foi inaugurado em 7 de setembro de 1873. A obra ficou a cargo do engenheiro Julio Teixeira de Macedo. Seu aparelho ótico de 4ª ordem, de eclipse, tinha 10 milhas de alcance. Em 1910 um novo aparelho BBT foi encomendado.

Segundo relatos de antigos pescadores, na década de 20 do século passado o mar engoliu a península onde existia a casa do faroleiro e alguns coqueirais. Hoje, o farol está a duas milhas da costa.

Em 1922 o primeiro farol da Paraíba foi automatizado com equipamentos AGA à gás acetileno.

Atualmente o farol está equipado com uma lanterna de acrílico alimentada por módulos solares e baterias, tecnologia amplamente utilizada em faróis, faroletes e bóias em todo o mundo.